Arábia Saudita habilita oito frigoríficos de carne bovina brasileira

Ministra Tereza Cristina vincula medida à recente viagem do presidente Jair Bolsonaro, que teve o país como uma das paradas

Foram habilitados frigoríficos em Minas Gerais, Rondônia, Pará, Maranhão e São Paulo (Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)

A Arábia Saudita habilitou oito plantas frigoríficas brasileiras para a exportação de carne bovina, informou, nesta segunda-feira (11/11) o Ministério da Agricultura (Mapa). Em nota, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, informou que essa nova habilitação é resultado da recente missão brasileira à Ásia e Oriente Médio, liderada pelo presidente Jair Bolsonaro, e que teve a Arábia Saudita como uma das paradas.

“Isso faz parte de toda a abertura que o Ministério da Agricultura vem fazendo juntamente com o governo federal”, disse a ministra, no comunicado.

Foram habilitados: Frigorífico Fortefrigo (Paragominas, Pará), Frigorífico Better Beef (Rancharia, São Paulo), Rio Grande Comércio de Carnes Ltda (Imperatriz, Maranhão), Plena Alimentos (Pará de Minas, Minas Gerais), Indústria e Comércio de Alimentos Supremo (Ibirité, Minas Gerais), Frigol (São Félix do Xingu, Pará), Maxi Beef Alimentos do Brasil (Carlos Chagas, Minas Gerais) e Distriboi – Indústria, Comércio e Transporte de Carne Bovina (Ji-Paraná, Rondônia).

De acordo com dados do Ministério da Agricultura, em 2018, as exportações de produtos agropecuários brasileiros para a Arábia Saudita renderam US$ 1,7 bilhão. Foram mais de 2,9 milhões de toneladas. A carne de frango representou 47,4% do valor vendido (US$ 804 milhões e 486 mil toneladas).

Fonte: https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Criacao/Boi/noticia/2019/11/arabia-saudita-habilita-oito-frigorificos-de-carne-bovina-brasileira.html

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Open chat
    Powered by