0
0 ITEMS IN SHOPPING BAG
0
0 ITEMS IN SHOPPING BAG

Vacinação contra aftosa no Paraná está suspensa a partir do dia 31

Instrução Normativa foi publicada na edição desta quinta-feira (17/10) do Diário Oficial da União

Paraná faz parte do bloco 5 do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (Foto: Reprodução)

 

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, oficializou a suspensão da vacinação contra a febre aftosa no Paraná. Em Instrução Normativa (IN) publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (17/10), a ministra proíbe a manutenção, comercialização e o uso de vacinas contra a febre aftosa no Estado, a partir do dia 31 de outubro. Segundo a IN, a vacina poderá ser utilizada como medida sanitária, mediante autorização do Departamento de Saúde Animal e Insumos Pecuários, vinculado à Secretaria de Defesa Agropecuária.

Caberá à secretaria editar normas complementares para a restrição e controle do ingresso de animais vacinados contra a febre aftosa no Paraná, para adoção a partir de 1º de janeiro de 2020. A IN foi assinada pela ministra Tereza Cristina no último dia 15, em solenidade realizada em Curitiba.

O Paraná faz parte do Bloco 5 – integrado também por Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso -, dentro do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (Pnefa) e solicitou a antecipação da retirada da vacinação. Pelo cronograma normal do bloco, a suspensão da imunização dos rebanhos deveria ocorrer somente em 2021, mas o Estado já cumpriu as exigências e solicitou a antecipação do status.

Fonte: https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Criacao/Boi/noticia/2019/10/vacinacao-contra-aftosa-no-parana-esta-suspensa-partir-do-dia-31.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat